vestiario-ou-vestuario

Vestiário ou vestuário: qual a diferença?

Neste post, vamos explicar exatamente a diferença entre as palavras vestiário e vestuário. Ambas existem no nosso idioma e estão plenamente corretas, ou seja, estão de acordo com a norma culta. Mais uma vez, estamos diante de duas palavrinhas altamente semelhantes. O que diferencia ortograficamente uma da outra é apenas uma vogal. E, como são…

Discrição ou Descrição

Discrição ou Descrição: qual a diferença?

Em determinadas situações, podemos ficar em dúvida se devemos usar adequadamente discrição ou descrição, pois ambas as palavras existem na Língua Portuguesa e estão plenamente corretas. Além disso, elas são palavras parônimas, haja vista que a única diferença ortográfica entre elas gira em torno de apenas uma vogal. Continue lendo e aprenda mais essa interessante…

comprida-ou-cumprida

Comprida ou cumprida: qual a diferença?

Comprida ou cumprida são palavras que existem na Língua Portuguesa e estão plenamente corretas. Porém, elas devem ser usadas em contextos diferentes. Neste artigo, explicaremos detalhadamente a diferença entre os vocábulos comprida e cumprida, que, em razão da imensa semelhança em suas grafias e pronúncias, são classificados como parônimos. Além disso, veremos a classificação gramatical…

virao-ou-viram-diferenca

Virão ou Viram: qual a diferença?

As palavras virão e viram são classificadas como parônimos, pois possuem grafias e pronúncias semelhantes (parecidas). Ambas também são classificadas como verbos. Porém, essas palavras representam verbos diferentes. Continue lendo para saber qual é essa a diferença e quando deverá escrever corretamente virão ou viram.  Aprenda também: Tráfico ou tráfego: qual a diferença? Termos essenciais…

trafico-ou-trafego

Tráfico ou tráfego: qual a diferença?

Nesta oportunidade, nós vamos aprender a diferença entre os termos tráfico e tráfego. São palavras muito parecidas e com significados um pouco parecidos também. Alguns gramáticos sustentam a tese de que ambas as palavras possuem o mesmo significado. Porém, prevalece o entendimento segundo o qual devemos usá-las em contextos diferentes. Não deixe de aprender também: Mas…

diferença entre despercebido e desapercebido

Despercebido ou Desapercebido: qual a diferença?

Você já ficou em dúvida sobre o uso correto das palavras despercebido ou desapercebido? Se ficou, saiba que essa dúvida é muito comum na língua portuguesa. Por isso, vamos explicar exatamente a diferença entre as duas palavras citadas. A palavra despercebido (escrita sem a vogal a) deriva da palavra perceber. Por outro lado, a palavra…

ver ou vê

Ver ou Vê: qual a diferença?

Alguns verbos da língua portuguesa podem ser usados de forma semelhante em determinadas frases. Por exemplo, podemos usar ver ou vê em contextos diferentes. O emprego das palavras ver e vê é muito parecido com o emprego das palavras está e estar. Em ambos os casos, temos verbos sendo conjugados, ou não, nas frases em…

infringir-ou-infligir

Infringir ou Infligir: qual a diferença?

Nesta postagem, explicaremos a diferença entre as palavras infringir e infligir. Podemos notar que as palavras infringir e infligir são muito parecidas. Por esse motivo, elas são conhecidas como parônimos. Como de costume, você vai aprender a classificação gramatical e o emprego dessas palavras em diversas frases. Não deixe de aprender também: Cede ou Sede:…

cede-ou-sede-qual-diferenca

Cede ou Sede: qual a diferença?

Neste oportunidade, você vai aprender mais uma interessante dica de português: a diferença entre cede e sede. Além disso, vamos explicar o sinônimo e a classificação gramatical de ambas as palavras. Mas não deixe de conferir também as dicas abaixo: Haver ou A ver: qual a diferença? Orações coordenadas e subordinadas: diferença!   Cede ou…

sujeito-oculto-sujeito-indeterminado-diferenca

Sujeito oculto e Sujeito indeterminado: diferença!

Neste post, você vai aprender a diferença entre Sujeito oculto e Sujeito indeterminado.  Em regra, o sujeito é um termo essencial da oração. Mas, às vezes, esse sujeito “se esconde”, ficando implícito ou indeterminado. Em outros casos, esse sujeito nem mesmo existe. Quando isso ocorre, temos orações sem sujeito. Aprenda também: Emergir e imergir: qual…