Termos essenciais da oração: sujeito e predicado

Os termos essenciais da oração são o sujeito e o predicado. Eles são chamados de essenciais porque compõem a estrutura mais básica da oração.

Neste artigo, você vai aprender definição de sujeito e de predicado, bem como vai conferir quais são os tipos de sujeito e os tipos de predicado existentes na Língua Portuguesa.

Mas não deixe de aprender também:

 

Termos essenciais da oração → Sujeito

Para facilitar o entendimento, imagine que o sujeito é o cara! Como assim? É como se o sujeito fosse o termo mais importante da oração. Todos devem concordar com ele deve se adequar a ele.

Em outras palavras, podemos dizer que o sujeito é o termo sobre o qual nós declaramos alguma coisa. Ele pratica ou sofre uma ação.

Veremos agora quais são os tipos de sujeito existentes na Língua Portuguesa.

 

sujeito simples

É o sujeito formado para apenas um núcleo vejamos um exemplo para facilitar as coisas:

João foi à praia.

o sujeito é João e o predicado é foi à praia. O núcleo do sujeito é apenas João, ou seja, só há um núcleo no sujeito da oração.

 

sujeito composto

Sujeito composto é aquele formado por mais de um núcleo.

Vejamos um exemplo:

João e Maria foram à praia.

o sujeito dessa oração é João e Maria. O predicado é foram à praia.

Podemos perceber claramente que há dois núcleos do sujeito: um é João e outro é Maria.

Por esta razão, dizemos que João e Maria formam o sujeito composto da oração.

 

sujeito indeterminado

Como o próprio nome sugere, sujeito indeterminado é aquele que não se refere precisamente a nenhum elemento identificado ou determinado.

vejamos um exemplo:

Quebraram o vidro do ônibus

Podemos ver claramente que ninguém sabe quem quebrou o vidro do ônibus. Por isso, dizemos que o sujeito neste caso é indeterminado. Isto é comprovado pelo verbo conjugado na terceira pessoa do plural.

 

sujeito inexistente

Temos oração sem sujeito ou sujeito inexistente quando estamos diante de orações cujos verbos  são impessoais e não concordam com ninguém.

Podemos citar, como exemplo, os verbos que expressam fenômenos da natureza. Veja a frase abaixo:

Choveu muito ontem.

O verbo chover é impessoal. Ele demonstra que não há sujeito na oração. Apenas choveu, indicando fenômeno da natureza.

 

sujeito oculto

Também chamado de sujeito desinencial, o sujeito oculto  não está expressamente escrito na oração. Porém, ele pode muito bem ser identificado através dos verbos contidos na oração.

Vejamos um exemplo:

Compramos uma casa nova.

Neste caso, o sujeito está implícito. Trata-se do pronome pessoal nós. Assim, poderíamos dizer que nós compramos uma casa nova. 

Note que o verbo está conjugado na primeira pessoa do plural, concordando com o pronome pessoal nós.

 

Termos essenciais da oração → Predicado

O predicado é formado por tudo aquilo que se declara em relação ao sujeito. Para entender melhor, imagine que o mais importante na oração é o sujeito. Depois que ele é identificado, todo  o resto na oração é o predicado.

Vejamos agora quais são os tipos de predicado.

 

Predicado verbal

É aquele  cujo núcleo é um verbo. Por exemplo:

O professor chegou

O sujeito dessa oração é o professor. Já o predicado é o verbo chegou. O núcleo do predicado é o próprio verbo.

Por isso, estamos diante de um predicado verbal.

 

Predicado nominal

Predicado nominal aquele cujo núcleo não é um verbo.  Vejamos um exemplo:

O professor está atrasado.

O sujeito é o professor. O predicado é está atrasado e o núcleo desse predicado é o adjetivo atrasado.

No caso, o verbo estar é apenas um verbo de ligação.

Verbos de ligação não expressam nenhuma ação, apenas indicam um estado, ligando uma característica ao sujeito.

 

Predicado verbo-nominal

Predicado verbo-nominal é composto os dois núcleos, sendo um verbo que indica uma ação e um nome. Vejamos um exemplo:

O professor chegou atrasado

O sujeito é o professor e o predicado é chegou atrasado. Temos então dois núcleos do predicado. Um é o verbo chegar. Chegou indicação de chegar. O outro núcleo é atrasado, que é o nome.

Por isso, o predicado é chamado de verbo nominal.

Esperamos que o presente assunto, os termos essenciais da oração: sujeito e predicado, tenha sido abordado de forma clara e elucidativa.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 12 =